Vila Mariana

Avenida Conselheiro Rodrigues Alves

História do Bairro

Indicadores do mercado imobiliário apontam há alguns anos que a Vila Mariana é o bairro mais desejado para morar em São Paulo. Quem frequenta ou já é morador entende e não refuta. De fato, é um dos bairros com maior IDH da Capital, ou seja, tem elevado grau de desenvolvimento econômico e excelente qualidade de vida.

À época da Vila de São Paulo de Piratininga, entretanto, era uma região distante, não havendo registros precisos do que acontecia fora do reduto circunscrito pelo chamado “Triângulo Histórico”.

Consta que a história da Vila Mariana remonta ao ano de 1780, quando fazia parte da mesma sesmaria do vizinho Bairro da Saúde e a região era conhecida como “Meio Caminho do Carro”. Posteriormente, passou a ser conhecida como “Cruz das Almas”, pelas cruzes fincadas em homenagem a tropeiros mortos por assaltantes de estrada. Em seguida, em virtude da grande imigração de italianos que ajudaram a povoá-la, foi chamada de “Colônia”.

A partir da construção da Estação da Companhia Carris de Ferro de São Paulo a Santo Amaro e do Matadouro Municipal (atual Cinemateca Brasileira) pelo engenheiro Alberto Kuhlmann, entre os anos de 1883 a 1887, foi dada a largada para o desenvolvimento do bairro. A instalação da companhia estrangeira Fábrica de Fósforos, por sua vez, em 1888 (acredita-se por influência de Carlos Eduardo de Paula Petit), marcou o início da sua industrialização.

De família abastada, educação refinada e enorme carisma, Carlos Eduardo de Paula Petit logo se tornou figura importante no bairro, após sua mudança da região da Consolação para lá. Deve-se a ele a denominação Vila Mariana, em homenagem à esposa e à mãe, respectivamente, Maria e Ana. O reconhecimento oficial como Distrito de Vila Mariana veio em 1896.

A luz elétrica começou a chegar nas primeiras residências da Vila Mariana por volta de 1900, concomitantemente à aquisição da falida Companhia Carris de Ferro de São Paulo a Santo Amaro pela poderosa canadense São Paulo Tramway, Light and Power Company-, a “Light”, abrindo espaço para os bondes elétricos.

A fábrica de Chocolates Lacta, instalada em 1912 na Rua José Antônio Coelho, foi outro marco para o desenvolvimento do comércio e para a geração de emprego.

Cumpre destacar, ainda, a construção da residência dos Klabin na antiga Rua Bela Vista, atual Rua Santa Cruz, no ano de 1928. Trata-se da Casa Modernista, projetada pelo arquiteto ucraniano Gregori Warchavchik para morar com sua esposa, Mina Klabin, cuja família era proprietária de uma grande quantidade de terras.

Entretanto, é o majestoso Instituto Biológico que atrai os olhares de quem circula pela Avenida Conselheiro Rodrigues Alves.

Importante instituição de pesquisa científica e tecnológica até os dias de hoje, o edifício foi projetado em estilo art déco (arte decorativa em francês) pelo engenheiro paulistano Mário Whately e construído em parte de uma extensa área de terras doada pelo governo estadual chamada de “Campo do Barreto”. Uma outra parte, na década de 1950, dessas mesmas terras que totalizavam 239.000 metros quadrados, foi ocupada para a construção do Parque do Ibirapuera, em comemoração ao quarto centenário da cidade.

O edifício principal do Instituto começou a ser erguido em 1928 mas a obra só foi finalizada e inaugurada 15 anos depois, em 1945, por diversos reveses enfrentados durante a Era Vargas.

Comprar, alugar ou investir em uma propriedade é uma grande decisão. Saber que Vila Mariana é o bairro certo para você é tão importante quanto escolher seu imóvel. Por isso, nós da Mudee estamos juntando informações gerais sobre os principais bairros de São Paulo, para te ajudar a tomar uma decisão com melhor conhecimento sobre o bairro de seu interesse.

Confira os principais restaurantes em Vila Mariana

  • Dr. Tchê La Parrilla de la Villa – carnes
  • Taverna Medieval – cozinha rápida
  • Quintal do Bráz – pizzaria
  • Daiki Sushi – cozinha japonesa
  • Academia da Gula – cozinha portuguesa
  • Friccó – cozinha italiana
  • Bawarchi – cozinha indiana

O Bar Veloso e suas famosas coxinhas é imperdível, assim como o Genuíno Bar e Choperia na Rua Joaquim Távora. Para frutos do mar o tradicional Jabuti é uma ótima opção.

A cafeteria Doçaria da Vila, na Rua Francisco Cruz, tem uma apetitosa variedade de quitutes para acompanhar a bebida. O Quinto Pecado Café Bistrô, na charmosa Rua Coronel Artur Godói, é obrigatório para quem curte um ambiente descolado e comidinhas caseiras.

Por que morar em Vila Mariana?

O bairro, com suas ruas graciosas, vilas escondidas e alguns caminhos quase secretos ainda em paralelepípedo, mantém seu frescor interiorano em perfeita harmonia com a diversidade de moradores e frequentadores.

Infinitas opções culturais, renomadas instituições de ensino e toda sorte de produtos e serviços em meio a agradáveis e arborizadas ruas, além da proximidade com o Parque do Ibirapuera, tornam a Vila Mariana um bairro de forte apelo no mercado imobiliário.

Sua localização estratégica e a farta rede de metrô são outros grandes atrativos para escolher a Vila Mariana para morar.

Privacidade e segurança

A Vila Mariana, por excelência, é um bairro para ser usufruído dia e noite. Há sempre movimento nas ruas por conta das academias, mercados, restaurantes, instituições de ensino, atividades culturais, mas sem os inconvenientes de bairros adensados em demasia.

Não há dúvida que o bairro é uma excelente escolha para quem busca alta qualidade de vida.

Imobiliárias no bairro Vila Mariana

  • Imobiliária IPREMIER IPREMIER

Mapa da região